Reforço de Aterro - Tratamento de Fundação

Técnica utilizada principalmente para a solução de estabilização de aterros sob condições excepcionais, seja por causa de fundação em solo mole ou por geometria restritiva por impositiva por questões ambientais ou de propriedade. 

A utilização de técnicas de sobrecargas, substituição de solos, inserção de elementos de reforço (geogrelhas ou geotextil), colunas de brita/areia e reforço com misturas solo-aditivo constituem os principais métodos para tratamento de fundações de aterros sobre solo mole.

Tais métodos de tratamento permitem ocupar terrenos problemáticos e reduzir o prazo de liberação de operação e tráfego. Também, a melhor qualidade da estabilização proporcionam condições para a redução dos custos de manutenção do pavimento e das estruturas de drenagem superficial.

A implantação de instrumentos de medição de deformações verticais e horizontais auxilia na identificação das condições aceitáveis para liberação do tráfego de veículos e da implantação de estruturas. 

No caso de aterros em locais com restrições ambientais, em posições limites de áreas de proteção permanente - APP, a utilização de elementos de reforços (geogrelhas e geotêxteis), denominado solo reforçado, vem auxiliar na melhor ocupação dos terrenos com solo mole e na obtenção de aterros estáveis.

GeoPetrus Engenharia® 

Voltar